Ocorreu um erro neste gadget

sábado, 24 de novembro de 2012

O perigo dentro dos salões de Beleza

Você vai até o salão para ficar com os cabelos lindos, unhas feitas e relaxar? Bom, não é o caso de relaxar tanto assim. Você pode ser infectada por uma ampla gama de vírus e bactérias caso não sejam tomadas as devidas precauções – de sua parte, e da parte do salão também. Falamos com o infectologista Luis Fernando Waib para saber exatamente quais os riscos que os instrumentos do salão de beleza podem representar para a sua saúde, e como preveni-los. Confira! O grande vilão: o alicate Estima-se que um terço dos casos de Hepatite C venham dos estúdios de tatuagem e dos salões de beleza, e o vilão dos salões é sem dúvida o alicate de cutículas. “O principal problema relacionado com manicures e pedicures são as hepatites B e C, e as infecções bacterianas”, explica o Dr. Waib. “Acontecem infecções por causa da remoção das cutículas e dos cantos das unhas, na manipulação de unhas encravadas. As opções? Ou você se certifica de que os alicates do seu salão são esterilizados por uma hora na estufa, a uma temperatura de 170 graus, ou então leva o seu próprio alicate de casa. “No cenário ideal, todos os instrumentos seriam de uso individual, porque não é possível confiar cegamente nos procedimentos de desinfecção dos salões”, diz o infectologista. Espátulas / Lixas de Pé / Lixas de unha / Palitinhos de madeira A Vigilância Sanitária determina que todos os instrumentos de madeira devem ser jogados fora após o uso individual. Isso porque a madeira é porosa e não é possível ser esterilizada. E se a manicure disser que limpou a lixa com álcool? Não adianta. Cada lixa é usada uma vez. Ou então, leve a sua. Bacias de plástico Devem ser lavadas e desinfetadas após o uso, sempre. E elas devem ser revestidas com um plástico (que obviamente também deve ser descartado) durante seu uso. Depilação O problema aqui é a cera reciclada. Acredite, muitos salões reciclam o produto de depilação. A cera que é usada em uma cliente fica com pedaços de pele e pelos. Imagina você sendo depilada e sobre a sua pele ter “restos” de outra pessoa? Que nojo! E não adianta esquentar novamente – algumas bactérias simplesmente resistem. Leve sempre embora a cera que foi usada em você, e jogue, você mesma, fora. As normas da Vigilância Sanitária são rigorosas: lugares de depilação devem ter um lavatório para cada seis cabines, com sabonete líquido, papel toalha e lixeira de pedal. Esmaltes Sim, até eles. O pincel do esmalte pode levar a pele de uma cliente para as mãos da outra. Neste caso, não tem como higienizar mesmo. Dica: sempre tenha seu próprio esmalte na bolsa.

sábado, 3 de novembro de 2012

ONIC da Derma Nail - Um poderoso aliado inibidor no combate ao hábito de roer unhas.

Base de tratamento com potente ação para inibir o ato de roer as unhas. Sua formulação foi criteriosamente desenvolvida pela união dos ativos gengibre e denatonium que proporcionam um sabor amargo e picante ao produto. É um produto incolor e não tóxico que facilita a adesão de adultos e crianças ao tratamento. Benefícios . Solução imediata e eficaz na inibição do ato de roer as unhas . Pode ser usado em crianças e adultos . Não agride as unhas por ser livre de substâncias tóxicas . Hipoalergênico . Testado clinicamente por dermatologistas

Por que roer as unhas faz mal?

O hábito de roer as unhas pode ser um sinal de estresse, cansaço, tédio ou até mesmo ansiedade. Driblar esse vício pode não ser tão simples assim. Muitas pessoas necessitam do auxílio de um especialista que prescreve o remédio necessário para inibir a vontade de roer as unhas. Em outros casos, quando o vício não é tão acentuado, alguns esmaltes específicos com gostos amargos podem ser utilizados. Esse hábito nada saudável é muito prejudicial à saúde. Roer as unhas danifica o esmalte dos dentes, deixando-os menos protegidos e mais expostos para aparições de cáries. Além disso, o contato direto dos dedos da mão na boca ocasiona diversas doenças causadas por fungos, bactérias e até vírus. O Dr. Joaquim Mesquita Filho, diretor Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica-SBCD, esclarece algumas dúvidas sobre o hábito inadequado de roer as unhas. Roer unha é prejudicial? Por quê? Sim, é muito prejudicial. O ato de roer unhas é considerado uma patologia ungueal, chamada de onicofagia. A mordedura das unhas e até das cutículas é considerada uma compulsão, o que pode levar ao desgaste da unha, do esmalte dos dentes e a infecções mais sérias. É verdade que, com o tempo, as unhas vão diminuindo de tamanho? Não, isso é um mito. As unhas são lâminas queratinizadas que recobrem a última falange dos dedos, protegendo-os. E como elas são constituídas de queratina, tipo de proteína sintetizada, não há como as unhas diminuírem com o tempo. A diminuição acontece pura e simplesmente pelo constante ato compulsivo de roer. Por deixar as unhas e as cutículas sensíveis, pode causar alguma doença? Entre os diversos efeitos colaterais deste ato há a transmissão de fungos, bactérias e até vírus. Roer as unhas produz ferimentos que servem de porta de entrada para estes agentes e um exemplo bem grave é o vírus do HPV, que é de difícil controle, além de desenvolver uma deformidade nos dedos. Tem alguma dica para fazer com que as pessoas parem de roer? Não existe uma dica que seja “o pulo do gato”. O indicado é procurar um dermatologista para um tratamento, que pode ser feito com cosméticos que deixam um sabor amargo na unha, como o onymyrrhe, um produto comercial que contém 20% de extrato de mirra, uma resina oleosa. O onymyrrhe é usado também no tratamento da fragilidade ungueal, para restaurar a firmeza e fragilidade das unhas. Deve-se lavar as mãos 3 à 5 minutos após a aplicação para remover o excesso. No mercado há inúmeros produtos inibidores que deixam o mesmo amargo na boca. Porém, há pessoas que acostumam com o gosto e continuam com o hábito de roer a unha. Algum produto em especial? Dependendo do caso, pode ser prescrito pelo dermatologista um cosmético manipulado. Depois que o vício for curado, o que fazer para elas voltarem a se fortificar? Hidratar? É indicado manter uma dieta rica em biotina (vitamina H, B7 e B8) encontrada nos seguintes alimentos: gema de ovo, couve-flor, geleia real, arroz integral, leite, banana, levedura de cerveja etc. Outras dicas são manter as unhas bem cortadas, evitando que as pontas mal aparadas sirvam de tentação para a continuação do hábito e aplicar duas vezes ao dia um hidratante próprio para as mãos e unhas.

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Lançamento Derma Nail Iris

A nova linha de esmaltes Derma Nail Iris está composta com cores alegres e embalagem temática que remete à infância. Sua grande atração fica por conta dos novos formatos dos vidrinhos, com 5 ml cada. Outro diferencial são as embalagens com um conjunto de duas cores. A nova linha vem em três versões com duas opções de cores em cada embalagem: - Rosa escuro e Rosa claro - Amarelo metálico e Azul - Laranja metalizado e Verde. O estilo da Derma Nail Iris é uma ótima forma de experimentar o que é novo e diferente, e promete despertar muita atenção. Uma proposta divertida com qualidade assegurada.

sábado, 6 de outubro de 2012

Novas tendências em unhas já podem ser conferidas em Manaus

As principais novidades para o verão de 2013 são as unhas nada tradicionais e tão pouco discretas. As novas tendências puderam ser conferidas durante os oito dias de eventos na Semana de Moda de Nova Iorque, que encerrou na última quinta-feira. No Amazonas, algumas dessas tendências já são vistas nos salões da cidade, e a última moda são as filhas únicas com caviar( microbolinhas), pelúcia, carimbos e açúcar. “Eu gosto das novidades e a cada semana tenho um estilo diferente. Já mantenho as minhas unhas alongadas, mas não gosto de usá-las natural. Então vou ao salão e peço pela última tendência e fica um arraso”, disse a advogada Gina Araújo. Texturas, unhas decoradas, pérolas, neon, meia lua, xadrez, sangue e cores fortes são as apostas nos esmaltes dos desfiles de “Big Apple” para o próximo verão. O estilista Prabal Gurung apostou nos desenhos sangrentos feitas com esmalte vinho. Já no desfile da marca Veda, as modelos usaram “filhas únicas”. Em Manaus, elas já podem ser conferidas com a designer de unhas Fabiana Araújo, da Kassara Nails. “As unhas decoradas estão sempre em alta e são muito fáceis de fazer apenas utilizando um carimbo. Essas e outras tendências como neon, unha de açúcar e de brigadeiro são as novidades para quem quer se sobressair, pois as unhas viraram um acessório do look”, disse a designer. Quer aproveitar a dica do Portal A crítica, mas não quer sair do tradicional? Aproveite o passo a passo e faça uma filha única (uma única unha recebe aplicação de pelúcia, gliter ou microbolinhas que imitam brigadeiro ou pérola)! Veja o passo a passo para fazer uma filha única de brigadeiro nas unhas.

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Francesinhas são a aposta para o alto verão!

E a aposta para as unhas no verão 2013 são as francesinhas, acreditem! A tendência foi mostrada durante o último desfile Chanel.
A maison francesa é uma importante lançadora de tendências também no mundo da beleza. Por isso, durante os desfiles todos observam as unhas e a maquiagem das modelos na passarela da marca. Para o Verão 2012, a Chanel apostou em visuais românticos e os combinou com um hit das unhas: a francesinha. Como diz o ditado: nada se cria, tudo se copia. Quer ficar na moda? Dá uma passada aqui na Kassara Nail que a gente realiza teu sonho. Agende seu horário! (92) 3633-5574.